A Estratégia ODS é uma coalizão com o propósito de ampliar e qualificar o debate a respeito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil

Trata-se de uma iniciativa que nasce da necessidade de engajar e conscientizar atores-chave da sociedade a respeito de seu papel e dos esforços necessários para que o cumprimento da Agenda 2030 no país seja bem-sucedido. E que zela para que o entendimento dos ODS transcenda a concepção de uma mera relação de aspirações e boas intenções, de forma que a complexidade característica desta agenda seja objeto de diálogos e esforços conjuntos, e que os objetivos e princípios que os fundamentam sejam enraizados nas ações e condutas gerais de todos esses atores.

Nosso público
Reunimos organizações representativas da sociedade civil, do setor privado, de governos locais e da academia, com o propósito de ampliar e qualificar o debate a respeito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil e de mobilizar, discutir e propor meios de implementação efetivos para essa agenda.

PORQUE FAZER PARTE DA COALIZÃO

Avanços reais exigem envolvimento profundo de diversos setores da sociedade. Razão pela qual a Estratégia ODS reúne quatro atores-chave neste processo, cuja ação e cooperação se revelam determinantes para que o cumprimento dos ODS seja efetivo. Sendo crucial que esta agenda seja por todos compreendida e trabalhada de forma integrada, que haja o estabelecimento de compromissos reais, o investimento de recursos, amplo monitoramento, bem com uma atuação interdependente dos setores da sociedade.

sociedade civil
sociedade civil
A legitimidade que as Organizações da Sociedade Civil (OCSs) conquistaram com o passar dos anos deram a elas um papel importantíssimo, nacional e internacionalmente, de interlocutoras das demandas sociais (em âmbito local, regional e nacional) com o Estado, a Organização das Nações Unidas (ONU) e outras instâncias.
setor privado
setor privado
O setor privado empresarial, por sua força econômica e política, pode assumir um papel relevante ao colocar muitos de seus ativos à disposição das articulações e ações para o cumprimento dos ODS.
governos locais
governos locais
As cidades assumiram protagonismo na implementação de iniciativas, especialmente porque tinham autonomia operacional e possibilidade de estabelecer acordos com organizações e com a iniciativa privada. Mais do que isso, a aproximação com o cidadão deu mais força para a atuação dos municípios.
academia
academia
A academia tem potencial de mobilizar, debater e trazer soluções para questões e desafios de interesse de toda a sociedade.

Últimas notícias

Sugestões para implementação e monitoramento da Agenda 2030 a partir de iniciativas de Governo Aberto

Publicado em 25/01/2022
Na publicação "Observatório ODS: superação do subdesenvolvimento a partir de uma nova participação social", especialistas foram convidados a apresentar algumas orientações sobre como qualificar a sociedade civil e os gestores na...

Quais exemplos de iniciativas de inovação e tecnologia contribuem para construção de um repertório de práticas que possibilitem impulsionar e monitorar os ODS?

Publicado em 21/01/2022
A dimensão Inovação e Tecnologia dentre os princípios de governo aberto foi comumente associada à inovação tecnológica, ou seja, em como a transformação digital poderia dar outros contornos a relação entre governos e...

Prefeitura de Lauro de Freitas assina termo de adesão e torna-se o 500º membro da Estratégia ODS

Publicado em 20/01/2022
Na tarde desta quarta-feira, 19 de janeiro, a Prefeita Moema Gramacho, de Lauro de Freitas, na Bahia, assinou o termo de adesão do município à Rede Estratégia ODS. A assinatura aconteceu durante evento online e reafirma...

Como a participação social pode promover ações e práticas que contribuam com impulsionamento e monitoramento dos ODS?

Publicado em 19/01/2022
As iniciativas de participação social têm por finalidade democratizar a gestão pública e aproximar poder público e sociedade. Neste sentido, buscam-se iniciativas que refletem a mobilização da sociedade para debater, colaborar...

Renata Sene, prefeita de Francisco Morato, município apoiado pela Estratégia ODS, participa da G-STIC Conference, em Dubai

Publicado em 18/01/2022
A prefeita de Francisco Morato-SP, Renata Sene, participou de um painel durante a G-STIC Conference, uma das maiores conferências mundiais para a discussão de avanços e soluções tecnológicas para o alcance das metas dos Objetivos de...

Como a integridade pública pode auxiliar no impulsionamento e monitoramento dos ODS?

Publicado em 17/01/2022
As iniciativas de integridade pública têm por finalidade possibilitar mecanismos de controle e promoção da ética, visando o fortalecimento da gestão e a defesa daquilo que é público. Tem relação direta com transparência,...

Quais exemplos de iniciativas de transparência contribuem para a construção de um repertório de práticas inovadoras que possibilitem impulsionar e monitorar os ODS?

Publicado em 14/01/2022
Quando pensamos nos mecanismos de transparência, muitos deles tratam sobre como as informações das atividades de governo e de agentes não­governamentais devem ser abertas, fáceis de entender, acessíveis e atender a uma...

Governo do Maranhão adere à Rede Estratégia ODS

Publicado em 12/01/2022
O Governador Flávio Dino formalizou, em dezembro, a adesão do Estado do Maranhão ao Projeto de Fortalecimento da Rede Estratégia ODS. Desta forma, o Maranhão se torna o segundo estado brasileiro a aderir à proposta e o primeiro...

Conheça alguns dos mecanismos de Governo Aberto para o alcance e monitoramento dos ODS

Publicado em 12/01/2022
Apesar das orientações para o desenvolvimento de práticas de governo aberto, a articulação com a Agenda 2030 não está consolidada. A sua integração como mecanismo para alcançar e monitorar os objetivos de desenvolvimento...

Qual a relação entre Governo Aberto e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável?

Publicado em 10/01/2022
É a partir do final do século XX que as temáticas de Governo Aberto passam a ser instauradas nas legislações dos países democráticos, principalmente referentes ao direito à informação. Em 2009, no primeiro mandato de...
Próximos eventos
Não achamos nada aqui ;(
Multimídia
Confira nossos conteúdos também nos formatos de vídeo, aúdio e impressos

O envolvimento da Sociedade Civil na busca da efetivação da Agenda 2030 é fundamental para o desenvolvimento sustentável. Nós, da Fundação Abrinq, reconhecemos que a Estratégia ODS é um dos grandes espaços de diálogo, informação e atuação que temos sobre o tema no Brasil

Victor Graça, Gerente Executivo da Fundação Abrinq

O trabalho em conjunto é fundamental para o sucesso de qualquer meta, principalmente para o desenvolvimento sustentável. E a Estratégia ODS, essa rede que envolve municípios, universidades, sociedade civil e setor privado, torna o ambiente favorável para isso, para compartilhar experiências e somar esforços para que possamos alcançar objetivos e qualidade de vida para a população.

Jonas Donizette, Presidente da Frente Nacional de Prefeitos e Prefeito de Campinas/SP

Nunca foi tão simples entender a importância dos ODS quanto no atual contexto. Desenvolvimento sustentável é a chave para sair da crise, oportunidade para gerar prosperidade e bem-estar por meio de uma retomada verde e inclusiva. O papel da Estratégia ODS é mostrar esse caminho, dando visibilidade às boas experiências mundiais, adaptando ferramentas e conectando os atores públicos e privados comprometidos com o futuro das pessoas e do planeta.

Sergio Andrade, Diretor-Executivo da Agenda Pública

Siga nossas redes

Acompanhe todas as novidades nas redes sociais.